sábado, 14 de março de 2020

A fórmula para conseguir o que você quer na vida.



Robert Kiyosaki

Caro Amigo,

Quando eu era jovem, estabeleci a meta de ser milionário aos 30 anos — e assim fiz. O problema é que perdi todo esse dinheiro muito rápido. Existiam falhas no meu plano, falhas que me ensinaram algumas lições valiosas.

As lições que aprendi com as minhas experiências, sucessos e fracassos me permitiram ajustar meu plano para que eu pudesse alcançar a liberdade financeira novamente aos 47 anos de idade.

A questão é que nunca mudei de plano. Simplesmente ajustei as estratégias que usei para executá-lo. Eu o aprimorei cada vez mais. Seguir o meu plano me ajudou a alcançar meus objetivos.

É comum que, quando nosso plano não sai do jeito que planejamos, nós o abandonamos completamente. Essa é a abordagem errada. Um plano fracassado primeiro requer uma avaliação do que deu errado. Frequentemente, o plano precisa de alguns ajustes, não deve ser abandonado.

Mas, antes que você possa fazer isso, é claro que precisa conhecer o seu plano. Então, o que fazer para descobrir seu próprio plano?

1. Não se apresse

Bons planos raramente surgem da noite para o dia. Para encontrar o plano certo para você, é preciso que pense muito sobre a sua vida, o que deseja e para onde quer ir. Isso pode levar dias, semanas, às vezes meses. Aproveite o tempo para descobrir e definir o que é realmente importante na vida para você. Durante esse período, não converse com outras pessoas até saber o que deseja. Com muita frequência, as pessoas impõem suas ideias inocentemente ou intencionalmente aos outros, em vez de respeitarem o que os outros querem para si mesmos. Este é o seu tempo para definir o que deseja para você.

2. Encontre um coach

Depois de saber o que deseja na vida, encontre um coach em que possa confiar. Deve ser alguém que tenha sucesso no que você deseja alcançar. Pesquise as realizações dessa pessoa ou pessoas, entreviste várias delas. Será uma experiência reveladora para você. Seu coach está lá para guiá-lo quando você desenvolver seu plano e para garantir que você o cumpra. Um coach não está lá para mimar você; seu coach está lá para dar um empurrãozinho quando você estiver paralisado e corrigi-lo quando você precisar.

3. Encontre um mentor

Os mentores são aqueles que têm experiência e são mais bem-sucedidos em fazer as coisas que você deseja fazer. Existem muitos tipos diferentes de mentores: de investimentos, negócios, fitness e mentores pessoais. Meu bom amigo Ken é um dos meus mentores de investimentos. Ele é dono de uma das maiores empresas de investimento imobiliário do sudoeste dos Estados Unidos e é um investidor de muito sucesso. O que eu adoro no Ken é que ele e eu nos reunimos para discutir um possível acordo e passamos bastante tempo analisando os prós e os contras. Toda vez saio desses encontros nas nuvens, porque saio sabendo muito mais do que sabia antes de participar da reunião. 
Muitas pessoas perguntam como encontrar um mentor. Eu não tenho uma fórmula mágica para isso. Na maioria das vezes isso acontece por acaso. O mais importante, no entanto, é que você precisa ter os olhos e a mente abertos. Como diz o velho provérbio: "Quando o aluno estiver pronto, o professor aparecerá".

4. Defina metas realistas

Muitas pessoas abandonam um plano, não porque o plano seja ruim, mas porque as metas não são realistas. Identifique metas de uma maneira que reflita o que você deseja na vida. Muitas pessoas dizem: "Eu quero ser um milionário!" Não faça isso. Esse é um objetivo frio, obsoleto e raso… E pode ser facilmente descartado, especialmente quando você está com dificuldades para ganhar seus primeiros U$10.000. Estabeleça metas que sejam reais para você: "Quero ter renda passiva suficiente para cobrir as despesas da minha família, para não precisar me preocupar com dinheiro e poder passar todo o meu tempo com meus filhos". Isso é bom! Agora é só descobrir quanto de renda passiva você precisa para implementar o plano. Se você tornar seus objetivos mais pessoais, terá mais chances de seguir seu plano para alcançar seu objetivo final.
Não foque apenas num objetivo e pense que é isso. Comece com objetivos pequenos e realistas e os aprimore ou amplie à medida que sua educação e experiência financeira aumentam. É melhor aprender a andar antes de correr uma maratona. Não desanime se cometer erros. Ter objetivos realistas não significa que você ganhará 100% das vezes. Erros fazem parte do processo de aprender e alcançar seus objetivos.

5. Monte uma equipe

Negócios e investimentos são esportes de equipe. À medida que seu plano evolui, você precisará de membros da equipe que possam ajudá-lo a alcançar seus sonhos. Os membros de sua equipe podem incluir um gerente de banco, contador, advogado, corretor, contador, agente de seguros e/ou um mentor de sucesso. Cada um desses membros da equipe precisará ser examinado por você. Não basta levar alguém para a sua equipe; em vez disso, encontre o jogador certo para cada posição.
Quando você montar sua equipe, se reúna com ela com frequência. Realizei reuniões com minha equipe durante o almoço por muitos anos. Aprendi muito sobre negócios, investimentos e o processo de ganhar dinheiro nesses encontros.

6. Participe de um grupo

Com isso, não quero dizer grupos para investir, mas estou falando de grupos de apoio focados em educação financeira. Para esses tipos de grupos, defina seus padrões. Convide apenas pessoas que sejam sérias sobre sua educação financeira e que estejam dispostas a aprender e agir. Por exemplo, você pode procurar um grupo de mulheres com os mesmos objetivos e que estejam dispostas a explorar novas ideias e oportunidades de negócios. O ponto principal é o seguinte: cercar-se de pessoas (e isso é verdade em todas as áreas da sua vida) que irão animá-lo, serem honestas com você e que vão te incentivar a continuar durante os altos e baixos para atingir seus objetivos, especificamente seus objetivos financeiros.

7. Cuide dos seus negócios

Seja qual for o seu plano, lembre-se sempre das palavras do pai rico: "Independentemente de você trabalhar para outra pessoa ou para si mesmo, se você quer ser rico, precisa cuidar dos seus próprios negócios". 
Não se distraia com projetos paralelos. Sim, você pode ganhar um dinheirinho extra com eles, mas eles apenas consomem seu tempo, tempo que poderia ter usado para chegar mais perto do seu objetivo. Se o projeto paralelo não te levar em direção ao seu plano, não o faça. Ao cuidar do seu próprio negócio, você estará mais em sintonia com o feedback do mercado e poderá ajustar seu plano de acordo. Seja diligente e continue dando um passo de cada vez. Faça isso e você terá grandes chances de conseguir tudo o que deseja na vida.
Portanto, se você está seriamente comprometido a alcançar seus objetivos, grandes ou pequenos, comece por entrar no estado de espírito certo, aprendendo a superar os obstáculos… é uma mudança de mentalidade.

Comece agora.

Jogue com inteligência.


Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...