domingo, 22 de janeiro de 2017

Cunha e Maia têm despesas idênticas na Câmara

 Resultado de imagem para foto de eduardo cunha com rodrigo maia
Sob gestão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ou do antecessor, o presidiário Eduardo Cunha, a farra com a chamada “Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap)”, o “cotão”, foi basicamente a mesma. De julho a dezembro de 2015, Cunha na presidência, foram gastos R$116,8 milhões com cotão. Sob comando de Maia, no mesmo período de 2016, a Câmara consumiu quase o mesmo: R$103 milhões.

O “cotão” é uma espécie de cheque em branco para os parlamentares, que podem ressarcir qualquer gasto, por mais absurdos que sejam.

Além da verba do “cotão”, que paga restaurantes, combustíveis, hotéis motéis, passagens aéreas etc, o político recebe R$ 33,7 mil de salário.

Nenhum comentário: