sábado, 16 de janeiro de 2010

Sindicato repudia em nota pública a demissão de Prof. Walber Wolgrand.

“A diretoria executiva da Seção Sindical de Belém/Castanhal vem a público repudiar a demissão do Professor de Filosofia Walber Wolgrand Menezes Marques do quadro permanente do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia – Campus Belém, ocorrida no dia 10/11/09, por considerarmos:“1- Que a demissão do professor foi decorrente das denúncias que fez ao Ministério Público Federal, em abril de 2008, de favorecimento a alguns candidatos nos concursos públicos para o quadro de servidores efetivos do CEFET-PA;“2- Que as mesmas denúncias feitas pelo professor foram encaminhadas pela Seção Sindical de Belém/Castanhal à diretoria do SINASEFE NACIONAL, que posteriormente as enviou ao MEC, em 12/05/08, gerando a criação de Comissão de Processo Administrativo Disciplinar pela SETEC/MEC para apuração dos fatos relatados, em fevereiro deste ano;“3- Que o Processo Administrativo instaurado contra o professor, no âmbito do IFPA, em abril de 2009, foi resultado de uma representação de quatro servidores investigados pela Comissão de PAD da SETEC e prontamente acatada pelo reitor;“4- Que a demissão do professor expressa, portanto, atitudes políticas revanchistas do atual reitor e de servidores investigados pela Comissão de PAD da SETEC, constituindo-se num verdadeiro atentado contra a liberdade de expressão e a democracia no IFPA;“5- Que a demissão do professor agride o direito à livre manifestação de todos os servidores, constituindo-se também numa tentativa de intimidação daqueles que pensam diferentemente das políticas e métodos de gestão adotados pela atual reitoria do IFPA“Assim, RESOLVEMOS:“I- Exigir a anulação da demissão do Professor Walber Wolgrand e sua imediata reintegração ao quadro docente do IFPA - Campus Belém;“II- Reiterar a necessidade de apuração das denúncias apresentadas pelo Professor Walber Wolgrand e encaminhadas pelo SINASEFE NACIONAL ao MEC/SETEC quanto a possíveis irregularidades nos concursos públicos realizados no CEFET-PA.”

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...