sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Conselho Nacional de Justiça afasta corregedor-geral do TJ do Rio

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta terça-feira (26) afastar preventivamente o desembargador Roberto Wider, corregedor-geral do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.O afastamento se deve à aprovação, por unanimidade pelo CNJ, do voto do corregedor nacional de Justiça, ministro Gilson Dipp, pela abertura de processo administrativo disciplinar contra o desembargador.

Uma série de reportagens do jornal "O Globo" afirmou que o magistrado teria envolvimento com lobista acusado de cobrar propinas a tabeliães, políticos e empresários em troca de favorecimento em processos judiciais.

O processo administrativo vai aprofundar a inspeção feita pela Corregedoria Nacional de Justiça do CNJ, instaurada no dia 16 de novembro do ano passado, que concluiu haver indícios de possíveis irregularidades em atos praticados por Wider em relação a cartórios extrajudiciais do Estado.

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...