quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Sede da Câmara Distrital custará 323% além do orçado.

A nova sede da Câmara Distrital de Brasília, que tem pelo menos 9 dos 24 deputados envolvidos no escândalo do "mensalão do DEM", teve o custo aumentado em 323%. Quando o edital foi lançado, em 2001, a previsão era gastar R$ 23,6 milhões na obra. No próximo mês de fevereiro - para quando está prevista a inauguração - o orçamento final deve chegar a R$ 100 milhões, conforme os últimos cálculos feitos pela Secretaria de Obras do governo do Distrito Federal.
A explicação para o estouro do orçamento é que o projeto inicial previa uma obra acanhada, sem garagem. Depois, de revisão em revisão, o prédio ganhou um heliponto, mais um auditório e estacionamento para cerca de 1 mil veículos, além de 30 gabinetes para os deputados distritais. Atualmente, são 24 parlamentares, mas se presume que, com o aumento da população, possam chegar a 30 nas próximas eleições.

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...