segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Arruda põe em risco futuro do DEM em 2010 (PSDB QUE SE CUIDE)

As denúncias contra o único governador do DEM, José Roberto Arruda, deixaram atordoado os integrantes do partido. Agora, o DEM tenta neutralizar os desgastes do escândalo do mensalão de Brasília para sobreviver eleitoralmente em 2010. Para isso, a expulsão de Arruda - que deve ocorrer em reunião da executiva nacional na próxima quinta-feira - é considerada essencial. Mas Arruda - vendo-se virtualmente expulso - já sinalizou ao DEM que deve recorrer à Justiça após a decisão de quinta-feira, alegando cerceamento de defesa.
Embora o PSDB tenha preferido se distanciar de seu tradicional aliado nos últimos dias, exigindo saída dos tucanos do governo Arruda, a aposta é que a aliança nacional com o DEM para 2010 será mantida. Até porque o tempo de TV que o DEM dará ao presidenciável no horário eleitoral gratuito é considerado essencial para o sucesso da oposição.
Mas se reduziram muito as chances de o partido indicar um vice na chapa tucana.

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...