terça-feira, 10 de novembro de 2009

PT convoca 1.500 prefeitos e dirigentes regionais para afinar discurso

O PT mobiliza um exército de quase 1.500 pessoas espalhadas pelo país para trabalhar pela candidatura à Presidência da República da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Esse é o número de prefeitos, vice-prefeitos e lideranças regionais do partido convidados para um evento de dois dias, a partir de hoje, num centro de convenções em Guarulhos (SP). A "mãe do PAC" será a estrela.
Vendido como o maior encontro político do PT em 2009, o fórum A atual conjuntura política: os avanços do governo Lula e as eleições de 2010 foi pensado para afinar as posições dos participantes. A intenção é que eles concentrem esforços nas negociações sobre a aliança político-partidária em torno da candidata petista. A meta maior é usar o poder de influência dos 560 prefeitos, 423 vices e cerca de 500 dirigentes e lideranças da legenda como cabos eleitorais no ano que vem.
O encontro começa hoje, mas terá como ápice a participação de Dilma, amanhã. Ela foi escalada para discutir "tática e estratégia para a vitória da esquerda na eleição presidencial". O fórum também é um ensaio para um evento ainda mais ambicioso: reunir em maio ou junho de 2010 entre 3.000 e 3.500 prefeitos e vices dos partidos que fecharem a aliança com a ministra.
"Esse bom exército de petistas que não vai disputar a eleição do ano que vem foi escalado para começar a pensar 2010", disse o secretário nacional de Assuntos Institucionais, Romênio Pereira. "Será a maior atividade do PT feita em 2009, trazendo de 1.200 a 1500 lideranças de todo o país", emendou o dirigente. Os petistas esperam que a mobilização já comece a ter efeito a partir de segunda-feira.

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...