segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Ciro Gomes racha PT paulista.

O PT paulista foi às urnas ontem escolher o presidente estadual do partido com duas grandes rachaduras. A maior delas envolve o nome do deputado Ciro Gomes (PSB), que poderá se candidatar ao governo de São Paulo numa aliança que contará com o apoio do partido de Luiz Inácio Lula da Silva. A segunda questão que divide opiniões dentro da legenda é a aliança com o PMDB.
O grupo liderado pela ex-prefeita Marta Suplicy, pelo senador Eduardo Suplicy e pelo ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci já se mostrou contra Ciro. Já o líder do PT na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza, é a favor. "Essas divergências são pequenas demais para abalar a unidade do partido", comentou o deputado.
Na semana passada, uma reunião interna do partido liderada por José Dirceu na capital paulista discutiu os nomes que poderiam ser candidatos a vice-governador de Ciro em São Paulo. Os dois mais cotados são: Emidio de Souza, prefeito de Osasco, e Edinho Silva, presidente do PT-SP. Não à toa, os dois são a favor da possível candidatura do político cearense ao Palácio dos Bandeirantes e ainda o defendem como principal estratégia para fortalecer a candidatura de Dilma Rousseff em São Paulo. "O PT tem nomes fortes no estado, mas as alianças têm que favorecer a candidatura majoritária de presidente", ressalta Emidio.
Dirceu e Vaccarezza não estão sozinhos quando se fala das costuras de bastidores em volta do nome de Ciro Gomes ao governo de São Paulo. Além deles, fazem parte desse grupo os deputados federais José Genoino e José Mentor. O grupo, composto na verdade por todos os políticos do PT envolvidos no escândalo do mensalão, já garantiu a Ciro que, caso ele resolva mesmo se candidatar pela terra da garoa, conseguirá apoio suficiente para liquidar os que pensam em candidatura própria, como a ala da legenda liderada por Marta Suplicy.

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...