terça-feira, 6 de outubro de 2009

TCU condena membro de comitê da Rio 2016.

O chefe do comitê criado pelo governo federal para a candidatura do Rio a sede das Olimpíadas de 2016 - e cotado agora para ficar à frente do grupo que organizará os Jogos - foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) a devolver R$ 18,4 milhões aos cofres públicos, junto com outros envolvidos na organização do Pan-Americano de 2007.
Para o TCU, Ricardo Leyser Gonçalves foi um dos responsáveis por supostas irregularidades nos gastos com o evento. Ele foi condenado em dois processos que tratam de denúncias de superfaturamento e pagamento por serviços não prestados, mas nega as acusações e diz ter recorrido para não devolver o dinheiro.

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...