quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Dilma e Mantega confirmam terem caído na malha fina do IR.

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmaram nesta quarta-feira (14) que tiveram suas declarações de Imposto de Renda Pessoa Física de 2009, relativa aos rendimentos de 2008, retidas na malha fina da Receita Federal, informação divulgada na edição desta quarta do jornal "O Globo".

Dilma disse que viu com naturalidade o fato de ter caído na malha fina. Ela afirmou que informou um pagamento que não foi declarado pela pessoa que recebeu o valor e que "preencheu o dado certo no lugar errado". "Não houve nada de má-fé. Foi questão técnica", justificou.

Mantega classificou o fato de ter tido a declaração retida como "normal". "Pode acontecer com qualquer pessoa. Basta errar a data de nascimento na declaração que você cai na malha fina", disse o ministro. Ele afirmou que às vezes a pessoa entra e sai da malha sem perceber porque, segundo ele, informações equivocadas prestadas por terceiros são corrigidas.

O ministro disse que caiu na malha fina devido a uma informação errada prestada por um inquilino dele - já corrigida. "Nem saberia que entrei na malha se não fossem vocês (da imprensa). Cair na malha fina é normal, não há irregularidade. Isto mostra a democracia do nosso sistema, que não faz diferenciação se é ministro ou não. Somos todos iguais para a Receita", afirmou.

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...