quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Sarney diz que vai extinguir 500 cargos da estrutura do Senado.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou nesta quinta-feira (24) que serão extintos 500 cargos na Casa. Sarney não especificou se os cortes irão atingir funcionários efetivos, comissionados ou terceirizados. Ele também não deu o prazo para a medida nem as áreas afetadas.
O presidente fez a afirmação ao entrar para uma reunião da Mesa Diretora, onde o tema será debatido. "Resolvi extinguir 500 cargos da estrutura do Senado", disse o presidente da Casa.

A Mesa Diretora do Senado vai debater nesta manhã a proposta feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) para enxugar e racionalizar a estrutura administrativa da Casa. A proposta de redução de pessoal está contemplada no trabalho da FGV, mas até o momento a Casa não havia especificado um número para os cortes.

O Senado conta atualmente com 3,4 mil funcionários efetivos, 2,8 mil comissionados e cerca de 3 mil terceirizados.

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...