segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Honduras ameaça retirar status diplomático da embaixada do Brasil

O governo de fato de Honduras, liderado por Roberto Micheletti, ameaçou neste domingo retirar o status diplomático da embaixada brasileira em Honduras, caso o Brasil não defina, em dez dias, a situação do presidente deposto, Manuel Zelaya, que está abrigado na sede diplomática em Tegucigalpa.
"Se em 10 dias não definirem o estatus de Manuel Zelaya, a sede perderá sua condição de diplomática, mas, por cortesia, não planejamos invadir o local", disse o ministro de Relações Exteriores do governo de fato, Carlos López Conteras.

Zelaya, deposto e expulso de Honduras por um golpe de Estado, em junho, está na embaixada brasileira desde a segunda-feira passada, após voltar secretamente ao país.

O governo de Roberto Micheletti acusa Zelaya de usar a sede diplomática para "gerar violência" no país.

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...