quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Brasil pede à ONU que investigue direitos humanos em Honduras.

O Brasil apresentou resolução na Organização das Nações Unidas (ONU) pedindo investigação sobre abusos de direitos humanos em Honduras. A resolução foi negociada com os países latino-americanos e circula nesta quarta-feira, 23, no Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra.

A resolução, que o Brasil espera ser aprovada por consenso, condena mais uma vez o golpe em Honduras. Pelo documento, os países "pedem à Alta Comissária de Direitos Humanos da ONU que prepare um relatório completo sobre as violações de direitos humanos". O periodo de investigação seria posterior ao golpe que derrubou o presidente eleito Manuel Zelaya. O relatório seria apresentado mais tarde à Assembleia Geral da ONU em Nova York e ao Conselho de Direitos Humanos da organização.

Além da resolução, os países latino-americanos circularam a todos os governos da ONU hoje uma declaração pedindo que os golpistas em Honduras garantam a integridade física de Manuel Zelaya e a inviolabilidade da missão brasileira na capital do país centro-americano.

Além do pedido de investigação no Conselho de Direitos Humanos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve tratar da crise em Honduras em seu discurso de abertura na Assembleia Geral da ONU, em Nova York, que acontece nesta quarta-feira, às 10h. O presidente brasileiro tradicionalmente é o primeiro a discursar na assembleia anual da ONU.

Nenhum comentário:

Lei Estadual 8.878/2019 trata sobre a regularização fundiária de imóveis urbanos e rurais do Estado.

Representantes de entidades da sociedade civil paraense e do Ministério Público Federal (MPF) participaram, na manhã ontem terça-feira (8), ...