sábado, 6 de dezembro de 2008

Já é hora de se aposentar? Ouça Barrichello: "Foi um choque para mim"

Rubens Barrichello apareceu em Interlagos na tarde deste sábado para participar de uma homenagem a Ingo Hoffmann, 12 vezes campeão da Stock Car que se despede da categoria neste domingo. O piloto da F-1 revelou que também se surpreendeu com o anúncio da saída da Honda. "Foi um choque para mim, como foi para todo mundo. Agora é o momento normal de expectativa, não tem muito o que fazer", disse Rubinho, recordista de GPs disputados na F-1, 267. Ele afirmou que os testes da equipe japonesa em Jerez, na próxima semana, estão cancelados. Questionado se está atrás de uma vaga na Toro Rosso, Barrichello falou: "Tô... tranqüilo, velho, estou esperando ver o que acontece."

Dilma: PT está pronto para compartilhar o poder!

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, afirmou na noite desta sexta-feira (5) em São Roque (SP) que o PT não é partido de governar sozinho, e está preparado para compartilhar o poder. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.
"Nós temos experiência de governo. Governamos vários Estados, governamos o País e o PT é um fator decisivo na estabilidade da democracia brasileira", afirmou Dilma, que participou da abertura de um seminário do Partido dos Trabalhadores.
Ela negou que esteja articulando a sua candidatura para a sucessão presidencial em 2010, afirmando que "esse diálogo dos membros do PT é fundamental e independe de eleição, de candidatura".
O presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, lembrou que Dilma é a candidata preferida do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "A ministra é lembrada pelo presidente Lula e não há nenhuma resistência ao nome dela." (Portal Terra)

MEC diz que continuará divulgando avaliações de cursos

As tentativas de bloquear a divulgação dos dados das avaliações do ensino superior realizadas pelo Ministério da Educação (MEC), promovidas por um grupo de instituições privadas, vão enfrentar muita resistência dentro do governo e mesmo em parte do Congresso. No MEC, a posição é que se admite discutir alguns critérios das avaliações, mas não a apresentação pública dos resultados. “A postura do MEC e do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) é de divulgar todos os resultados que são de interesse da sociedade", afirma o presidente do instituto, Reynaldo Fernandes.
“O grande problema é que as instituições privadas acham que há má interpretação dos resultados. Esse é um problema que, se existe, combate-se com conhecimento, e não coibindo a divulgação. Não é proibindo que vamos progredir no debate." Como o Estado mostrou ontem, as associações de instituições privadas de ensino superior tentam, por meio de parlamentares da Frente em Defesa do Ensino Privado, mudar a lei que criou o Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (Sinaes) para bloquear a divulgação de dados. A legislação diz que todas as etapas de avaliação precisam ser públicas.
As alegações vão desde o peso do Exame Nacional de Desempenho do Estudante (Enade), considerado excessivo, até cobranças para que temas como salários dos professores - muitas vezes maiores nas privadas - entrem na avaliação. “Podemos até mudar, mas é preciso uma argumentação mais ordenada. Não pode ser essa percepção individual. Cada grupo quer colocar o que lhe interessa mais”, diz. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. (Agência Estado)

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Escândalo na Assembléia Legislativa

Conhecido parlamentar está sendo acusado de ser pedófilo e ter molestado criança que residia em sua casa desde os dez anos. Segundo fontes instaladas dentro da Casa, o parlamentar já é contumaz nessa prática. Há bem pouco tempo um Procurador Geral de Justiça de um Estado vizinho, foi preso pela Polícia Federal pela mesma prática. Quem dera o cajado descesse por aqui também!

STF acaba com prisão de depositário infiel. Agora, só pensão leva para cadeia.


O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem que ninguém poderá ser preso por ter uma dívida e se desfazer do bem que foi dado como garantia ao empréstimo. Com a decisão, o STF acabou na prática com a prisão civil dos chamados depositários infiéis e também dos casos de alienação fiduciária.
Por maioria de votos, o STF concluiu que esse tipo de prisão somente pode ocorrer nos casos de dívida de pensão alimentícia, mas nunca em contratos como leasing.
Durante o julgamento, os ministros do STF fizeram questão de deixar claro que a Constituição Federal prevê como um dos direitos fundamentais a liberdade e não se deve privar um ser humano dessa garantia por causa de uma dívida. Ou seja, para eles, a prisão de uma pessoa não resolve o problema do pagamento da dívida. Justificativa- A estratégia jurídica para cobrar dívida sobre o corpo humano é um retrocesso', afirmou durante o julgamento o vice-presidente do STF, Cezar Peluso. 'O respeito aos direitos humanos é virtuoso no mundo globalizado', disse a ministra Ellen Gracie.
Ao tomar a decisão, os ministros do STF também revogaram uma súmula segundo a qual 'a prisão do depositário judicial pode ser decretada no próprio processo em que se constituiu o encargo, independentemente da propositura de ação de depósito'.
O entendimento do STF foi firmado durante o julgamento de recursos envolvendo os bancos Itaú e Bradesco contra clientes. Também foi julgado o recurso de uma pessoa que teve a sua prisão decretada. No recurso, essa pessoa alegou que se fosse mantida a decisão que determinou a sua prisão estaria 'respondendo pela dívida através de sua liberdade, o que não pode ser aceito no moderno estado democrático de direito'.
Os ministros do STF também observaram que o Pacto de São José da Costa Rica sobre Direitos Humanos, que foi ratificado pelo Brasil em 1992, proíbe a prisão civil por dívida. A única prisão admitida por esse documento internacional é a do devedor de pensão alimentícia.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

A FRASE DO ANO DO DR. DRÁUZIO VARELLA

"No mundo atual está se investindo cinco vezes mais em remédios para virilidade masculina e silicone para mulheres do que na cura do Mal de Alzheimer. Daqui a alguns anos, teremos velhas de seios grandes e velhos de pinto duro, mas eles não se lembrarão para que serve."

Polícia Civil realiza Operação “FAKE NEWS”

Poucos dias atrás fizemos uma postagem falando sobre FAKE NEWS, essa praga virtual que virou de cabeça para baixo as notícias verdadeiras!